Recebimento indevido do auxílio emergencial. O que fazer?

Recebimento indevido do auxílio emergencial. O que fazer?
21/05/2020 15:09:00 + A - A

RECEBIMENTO INDEVIDO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL. O QUE FAZER?


Quem recebeu o auxílio emergencial de R$600,00 ou R$1200,00, mas não se enquadra nos critérios para ter o direito (trabalhador sem carteira assinada, autônomo, microempreendedor individual, desempregado que não recebe o seguro desemprego – em qualquer caso com renda familiar de até R$522,50 por pessoa ou até R$3.135 no total), pode se cadastrar, pela internet, para devolver o dinheiro. ASSISTA AQUI o conteúdo produzido pelo departamento jurídico do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Brusque.


O Ministério da Cidadania disponibilizou um site para isso: www.devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br. O TCU – Tribunal de Contas da União, determinou que o governo divulgue no Portal de Transparência o nome de todos os que receberam o auxílio, agrupados por município. Ou seja, qualquer pessoa poderá verificar quem, da sua cidade, recebeu o auxílio emergencial. Se esse recebimento foi indevido, pode ser denunciado.


Vale ressaltar que quem inserir informações falsas para receber o benefício poderá incorrer nas penalidades do crime de falsidade ideológica, ou até mesmo no de estelionato, ambos com pena de reclusão de um a cinco anos, pois o cadastro equipara-se a um documento público.


SINTIMMMEB

| Rua João Bauer, nº 75, | Brusque | SC |

| CEP: 88350-101 | Telefone: (47) 3251-5900

| Expediente: segunda-feira à sexta-feira

| Horário: das 8h às 18h30 (sem fechar para almoço)

| E-mail: sintimeb@terra.com.br

Sala de Imprensa Base territorial
  • Brusque
  • Guabiruba
  • Botuverá